> > >

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

RESPOSTA 14 - “PETROS, PETRA, KEPHAS E AS CHAVES DO CÉU”


Nunca houve texto mais deturpado, mais recortado e refeito pelos protestantes, na busca desesperada de alterar-lhe o sentido que se apresenta simples. As palavras de Jesus são claras: "Bem aventurado és Simão Barjona, porque não foi a carne e o sangue que te revelou, mas sim meu Pai que está nos céus, e eu digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei minha igreja e as portas do inferno não prevalecerão sobre ela. E eu te darei as chaves do reino dos céus, e tudo o que ligares na terra será ligado também nos céus..." (Mt,16,16-19). O desespero é porque Jesus fundou a Igreja Católica e a deles foi Lutero. Teriam “igreja” se não fosse Lutero?

Ao iniciar este capítulo, escorregava o artista da oratória: - “NA SUPOSIÇÃO de que Cristo edificou Sua Igreja sobre Pedro, os Papas trataram de estabelecer uma linha de sucessão com esse apóstolo.” - Resposta: Desmascaremos o embusteiro e provemos a sucessão apostólica: no documento “Carta da Igreja Romana às Igrejas de Corinto”, o venerável do “pastor” São Clemente, que faleceu em 102, afirma: “os apóstolos provaram no espírito as suas primícias (...) Estabeleceram esta regra: que após a morte deles homens provados haveriam de suceder-lhe no ministério.” (Um santo para cada dia, M. Sgarbossa/ L. Giovannini, pág 304, Ed. Paulus). E Santo Irineu (180), outro venerável do “pastor”, escreveu na obra “Contra as Heresias”: “Depois de terem fundado e estabelecido a Igreja de Roma, os bem-aventurados apóstolos Pedro e Paulo confiaram-na à administração de Lino, de quem fala São Paulo na Carta a Timóteo. Sucedeu-lhe Anacleto ...” - Eis a sucessão do papado, encontrada nos escritos cristãos do séc II ao VI : “Pedro, Lino, Anacleto, Clemente I, Evaristo, Alexandre I, Sisto I, Telésforo ...” (Contra as Heresias, ano 180), (Líber Pontificalis, séc VI). Cai a lorota do “pastor”.

- Adiante o ardiloso “pastor”, querendo dá uma de professor de grego de meia tigela, para negar o primado de Pedro, dizia: - “Para isso embaralharam as palavrinhas gregas ‘petros e petra’ encontradas em Mateus 16:18, fizeram uma exegese tendenciosa e confundiram a cristandade, uma vez que ‘petros’ quer dizer seixo ou pedrinha e ‘petra’ significa rocha, que no texto e nos contextos é Cristo sobre quem a Igreja foi edificada. Equivocaram-se com essa ‘sucessão’, pois Cristo é a base da Igreja”. - Respostas: Comecemos dando uma aula ao “pastor”: "petros" em grego, não quer dizer “seixo” ou “pedrinha”. “Seixo” ou “pedrinha” em grego é "lithos", conforme a própria tradução grega em (Jo 8,7) quando Jesus manda atirar "lithos" aquele que não pecou. PEDRO É A PEDRA. A malfazeja alegação de que somente Jesus é a pedra ('petra'), em Mt 16, e que Simão seria apenas uma pedrinha ('petros') - conforme estaria no grego – NÃO PROCEDE, como bem explicou o historiador Karl Keating: "Todo esse argumento é falso... A diferença de significado existe apenas, no grego ático, mas o Novo Testamento foi escrito em grego Koiné, um dialeto totalmente diferente. E no grego koiné, tanto 'petros' quanto 'petra' significam "rocha". Se Jesus quisesse chamar Simão de "pedrinha", usaria o termo lithos.” (Para a admissão deste fato por um estudioso protestante, veja D. A. Carson, The exporsitors Bible Commmentary {Grand Rapids: Zondervan, 1984}, Frank E. Gaebelein, ed., 8:368).
O ex-protestante, Dave Amstrong (no seu livro '50 New Testamen Proofs for Petrine Primacy and Papacy', 1994) afirma algo semelhante: <<"No grego Koiné do NT as palavras petros e petra não possuem significados distintos... A palavra para designar "pedra pequena" é lithos. Por exemplo, em Mt 4,3, o demônio tenta o Senhor a operar um milagre transformando algumas “lithos”, em pães; em Jo 10,31, os judeus apanham “lithos”, para apedrejar Jesus">>

As palavras gregas PETROS, PETRA, KEPHAS, usadas pelo embusteiro “pastor”, na verdade não interessam, visto que Cristo falou em aramaico “CEFAS” = “PEDRA”. O tropeço do ignorante “pastor”, está em não perceber que: em grego, como em português, as palavras têm masculino e feminino. Foram usadas palavras diferentes para não dar a S. Pedro um nome feminino (em Aramaico isso não acontece; CEFAS é CEFAS e pronto, Pedro e Pedra NÃO SÃO PALAVRAS DIFERENTES), basta ver o uso de "Cefas" mantido na Bíblia: (Jo 1,42), (1Cor 1,12), (1Cor 3,22), (1Cor 15,5), (Gl 1,18), (Gl 2,9). - O desastre protestante ocorre, pela enganação de pregarem que somente Jesus é “pedra”. Isso é falso. Em (Isaías 51,1-2), Abraão é chamado "rocha", assim como Jesus declarou a Pedro “pedra”. Os protestantes podem se consolar dizendo que Pedro, Tiago e João tinham um papel mais importante entre os apóstolos, mas terão que admitir, que somente a Pedro “pescador de homens” (Lc 5,10), Jesus disse para “pastorear” suas ovelhas (Jo 21,16). E sempre que os apóstolos são citados na Bíblia, Pedro é citado primeiro.

- Sofismava o vil “pastor”: - “Paulo escreveu à Igreja de Corinto que, Cristo é o alicerce da Igreja, e advertiu que “NINGUÉM PODE LANÇAR OUTRO FUNDAMENTO (I Cor 3:11)”. - Resposta: “Ninguém” mortal e pecador como Lutero. MAS CRISTO PODE E O FEZ. Cristo é a pedra, o fundamento! Não há dúvida. Mas diz: “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei minha Igreja...” diz: "Eu sou a luz do mundo" (João 8,12) e: "Vós sois a luz do mundo", dirigindo-se aos apóstolos (Mateus, 5, 15). Disse também: “Eu sou o bom Pastor” (Jo 10,11), e ordenou a Pedro: “Apascenta as minhas ovelhas” (Jo 21,15). Duas pedras, luzes e pastores? Sim. Há, portanto, Pedra e pedra, Luz e luz, Pastor e pastor. uma Pedra fundamento invisível, causa e fim dos homens, outra pedra fundamento visível, rocha de sustentação da Igreja indefectível, coluna e firmeza da verdade (1Tim 3,15); uma Luz fonte, outra luz reflexo; um Pastor no céu e outro conduzindo a unidade na terra. É calúnia nazista do “pastor”, alegar que, Santo Agostinho “afirmava” que a pedra é apenas Cristo; pois no tratado CXXIV, Santo Agostinho declara: “a pedra tanto pode ser Cristo como São Pedro”. – Note que Jesus se dirige exclusivamente a Pedro: "tu és Pedro..."; "eu te darei as chaves..."; "tudo que (tu) ligares...". Para estrebucho do “pastor”, o texto em (Mt, 16, 16-19), não traz qualquer interrupção lógica, para passar a se referir a Nosso Senhor. Se assim fosse, a frase ficaria sem sentido, deste modo, como quer os “pastores”: [tu és Pedro, mas não edificarei a minha Igreja sobre ti, senão sobre mim; as chaves do céu porém, te darei]. Não é isto que está na Bíblia. Quanta cegueira!

- Portanto todos os sucessores dos apóstolos, Pais da Igreja venerados pelo “pastor”, atestam o primado de Pedro, como, por exemplo: 1) Tertuliano (ano 205): "A Igreja foi construída sobre Pedro" ; 2) S. Cipriano (ano 249): "Sobre um só foi construída a Igreja: Pedro"; Santo Ambrósio (ano 390): "Onde há Pedro, aí há a Igreja de Jesus Cristo"; e tantos outros, mas já é o bastante. Cai por terra a manobra do diabólico “pastor”. E como ele viu antes, S. Pedro e S. Paulo confiaram a Igreja a Lino, segundo Papa da Igreja Católica. Pode estrebuchar, “pastor”.

Corrigindo outras manobras do “pastor”: Dizia o ludibriador: “Se a Igreja Católica deseja encontrar o Sucessor de Cristo, basta folhear o Novo Testamento no evangelho de João onde diz: ‘Eu rogarei ao Pai e Ele vos dará outro Consolador, o Espírito Santo, que ficará convosco para sempre’”. – Resposta: Esta frase está completamente adulterada, note que ele maliciosamente sequer citou o versículo, para que ninguém notasse sua artimanha. E a frase JAMAIS se refere à “sucessão”, na verdade a bíblia protestante diz: “Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar tudo o que vos tenho dito.” (João 14,26). Note que Jesus apenas está dizendo que o Espírito Santo ensinará e lembrará os apóstolos o que Ele tinha dito. Nada aqui fala de “sucessão”, como quer o falsário “pastor”. E aliás, o Espírito Santo não ensina os protestantes, que pertencem as dissensões e não servem a Cristo (Rm 16,17-18); daí as 50 mil interpretações divergentes da Bíblia, e 50 mil seitas diferentes, com duas Confissões de fé que mandam batizar as crianças, mas somente os Luteranos e Metodistas cumprem. Sucessão só há na Igreja Católica (Atos 20,28-29).

- Dizia cegando a si mesmo o embusteiro: - “Consta que Pedro foi pastor das ovelhas e não pastor de pastores”.
Resposta: Jesus mandou Pedro apascentar Seus Cordeiros e as Suas Ovelhas (João 21,15-16). E assim Pedro o fez: (At 15,7): “E, havendo grande discussão, levantou-se Pedro e disse-lhes: Irmãos, bem sabeis que já há muito tempo Deus me elegeu dentre vós, para que os gentios ouvissem da minha boca a palavra do evangelho e cressem”. Ai dos “bodes” (Mt 25,32-41), como o “pastor”, que se recusaram a ouvir Pedro.

- O imobiliário “pastor”, que grava o nome de Deus na frente de templo feito pela mão de homens (Atos 17,24), dizia que a Igreja “tropeçou” quando gravou as chaves no escudo do Vaticano, e que: “qualquer estudante da Bíblia deduz que as chaves é a mensagem dos evangelhos”. - Resposta: NOTA ZERO, para seus “alunos evangélicos”, que sequer sabem que seus falsos “cursos de teologia” não são reconhecidos pelo MEC. O evangelho é a boa nova. Alegava ainda o indouto que: “Cristo deu as chaves a Pedro, aos demais apóstolos e a Igreja” - PURA CALÚNIA! Cristo deu as chaves APENAS à Pedro, “...eu TE darei as chaves do reino dos céus...”. A doação das chaves indica o poder conferido a alguém de abrir ou cerrar o acesso da casa, da cidade, do Reino, sendo costume entre os orientais o suspender as chaves aos ombros em sinal de autoridade. Permita-me citar-lhe o que diz São João Crisóstomo, ano 350 - venerável Doutor da Igreja, citado pelo “pastor”:
"Jesus disse [a Pedro] ‘Apascenta minhas ovelhas’. "Por que Jesus não leva em conta aos demais Apóstolos e fala do rebanho somente a Pedro? Porque ele foi escolhido entre os Apóstolos, ele foi a boca de seus discípulos, o líder do coro. Foi por essa razão que Paulo foi procurar a Pedro antes que aos demais. E também o Senhor fez isso para demonstrar que ele devia ter confiança, uma vez que a negação de Pedro havia sido perdoada. Jesus lhe confia o governo sobre seus irmãos... Se alguém perguntar ‘Por que então foi Santiago quem recebeu a Sé de Jerusalém?’, eu lhe responderia que Pedro foi constituído mestre não de uma Sé, mas do mundo todo.” (Homilia 88 (87) in Joannem, I. Cf. Orígenes, “In epis. Ad Rom.”, 5, 10; Efrén de Siria “Humn. In B. Petr.”, en “Bibl.Orient. Assemani”, 1, 95; León I, “Sermo IV de Natale”, 2. Apud Enciclopédia Católica, verbete Primado, artigo de G. H. JOYCE).
E muito antes, veja o que dizia este outro venerável do “pastor”: Orígenes (232 d. C.): “... Pedro, sobre quem a Igreja de Cristo é edificada, cujos portões do inferno não prevalecerão...”, (sobre João, 5, ANF, 10: 346).
- Desesperado, e fora de contexto, apelava o ardiloso, dizendo: “Se a Igreja Católica supõe uma chave material pode esquecê-la porque ‘As portas do céu não se fecham nem de dia nem de noite!’ (Isaias 60:11)”. – Resposta: Fique sabendo o precipitado “pastor”, que depois disso, no Novo Testamento, Jesus disse que: "Abre e ninguém fecha, fecha e ninguém abre" (Ap 3, 7), e este mesmo Jesus deu as chaves do céu à Pedro (Mt,16,19), amém.

- Logo mudando de assunto, caluniava: “a maioria dos católicos não acreditam nos dogmas da Igreja”. PURO BLEFE! Todo verdadeiro católico e até mesmo o embusteiro “pastor”, acreditam na Trindade, e na Bíblia, frutos dos Cânons Católicos. E saiba ele, que a Igreja Católica é mãe da Bíblia. Será que o “pastor” tem uma Bíblia?

- Adiante o “pastor”, embora sendo protestante, parece se preocupar com as chuvas que São Pedro manda, e com os casamentos que Santo Antônio propicia. Ora “pastor” vá reclamar dos que conseguem seus pedidos e principalmente do Zagalo, técnico de futebol, devoto de Santo Antônio, que conseguiu uma esposa e cinco Campeonatos Mundiais de futebol, pedindo a intercessão deste popularíssimo santo, do dia “13” do Zagalo. Correção: Santo Onofre, que o embusteiro “pastor” citou como “reverenciado pelos alcoólatras”, NÃO PROCEDE. Este santo é Protetor CONTRA o vício do álcool. Eis mais um crime do dito “pastor” que vilipendia a fé alheia, infringindo o Artigo 208 do Código Penal. Coisa de Criminoso. Isto só depõe contra sua conduta, já tão rasteira.
A reprovável conduta deste que se diz “pastor,” só comprova a causa do comportamento agressivo e anticristão que notamos nos “evangélicos”. Eles não conseguem falar da própria doutrina sem vilipendiar o catolicismo. Se, atiram pedras contra a Igreja que Cristo fundou, é porque nela tem bons frutos, ninguém atira pedras em espinheiro. Enquanto os católicos na missa falam “o amor de Cristo nos uniu”, Lutero antes de morrer admitiu seu erro, quando percebeu que dividiu a fé e não podia dizer o mesmo. Dizia o choroso Lutero: "Este não quer o batismo, aquele nega os sacramentos; há quem admita outro mundo entre este e o juízo final, quem ensina que Cristo não é Deus; uns dizem isto, outros aquilo, em breve serão tantas as seitas e tantas as religiões quantas são as cabeças" ( Luthers M. In. Weimar, XVIII, 547 ; De Wett III, 6l ). Eis a “torre de Babel” dos rebelados.


>>><<<
-

5 comentários:

juliana disse...

Achei interessante este site:
http://portoghese.lanuovavia.org/portoghese_conf_1_ccr_10_falsificazioni_imposture.htm

OSWALDO disse...

Pelo menos o ínicio desse site é mentiroso conforme você poderá verificar neste neste mesmo blog:
http://oswaldo-superhancpetram.blogspot.com/2009/03/papado-ajudado-por-falsos-documentos.html

morena disse...

kkkkkkkkkkk,rapaz vão ler a biblia direito
primeiro por que a igreja católica inventaram 7 livros a mais da biblia
e onde o próprio Cristo fala lá em apocalipse cáp.22:18-19
e outra num dia em que tiver algum debate padre e pastor e o padre levar a biblia me avizam por isso eu nunca o vi
vão ler a biblia e práticar rapaz
existe só um Deus e o meu Deus
isaias 40 e se convertam e também
salmos 97:7 e 2 crônicas 7:14

OSWALDO disse...

morena: "kkkkkkkkkkk,rapaz vão ler a biblia direito primeiro por que a igreja católica inventaram 7 livros a mais da biblia e onde o próprio Cristo fala lá em apocalipse cáp.22:18-19 e outra num dia em que tiver algum debate padre e pastor e o padre levar a biblia me avizam por isso eu nunca o vi vão ler a biblia e práticar rapaz existe só um Deus e o meu Deus isaias 40 e se convertam e também salmos 97:7 e 2 crônicas 7:14"

Que coisa mais mal escrita, herege Morena!!!! Aprenda primeiro escrever razoavelmente e depois volte a postar. É por causa da falta de cultura que as seitas evangélicas, em vez de crescer, estão inchando.

Quem lhe disse que temos sete livros a mais? Não será, porventura, vocês que têm sete livros a menos?

A praga de Apoc 22, 18-19 recairá sem piedade sobre os rebelados protestantes que viraram as costas para a única e verdadeira Igreja de Cristo segundo está escrito:

"... se recusar ouvir também a Igreja, seja ele para ti como um pagão e um publicano" (São Mateus 18,17)

fimdafarsa disse...

Isso calará a "morena".

Fundador da Igreja Pentecostal de Nova Vida prevê fim dos protestantes no Brasil.

LEIA NA ÍNTEGRA: http://www.estudosgospel.com.br/diversos/variedades/bispo-preve-fim-da-igreja-brasileira.html